quarta-feira, 16 de maio de 2007

Criação

Esta é a cessão mais difícil de ser editada pois cada criador possui uma forma de lidar com seus combatentes, com certeza alguns irão discordar de nossa forma de criar, por outro lado muitos irão obter preciosas informações. Quero deixar claro que as técnicas aqui mostradas foram testadas e são utilizadas por nossa cocheira.Seleção dos ReprodutoresTodos os galistas buscam a cada temporada melhor o seu plantel e para isto é indispensável uma escolha perfeita dos reprodutores.A parte mais complicada nesta seleção é sem duvida alguma escolha da matriz, pois não sabemos como é briga do animal, se usa esporas, se é boa de boa ou raça. Então para escolher uma boa matriz é imprescindível sabermos a procedência do animal, quem é a mãe, o pai e se os seus irmãos são bons de briga; podemos levar em conta o tamanho e os mais detalhistas a cor da matriz(é indispensável que o animal seja 100% sadio).Agora após ter escolhido uma boa matriz devemos encontrar um galo que será o mais perfeito possível, ou seja, tenha raça, seja bom de briga e use bem as armas, além disto é importante que os seus pais e irmão sejam de qualidade comprovada na rinha.Fazendo a escolha desta forma a probabilidade de tirar bons exemplares é bastante elevada.CruzaA cruza deve ser feita da maneira mais controlado possível, para que possamos identificar sem duvidas quem é o pai e a mãe do animal, desta forma poderemos identificar as cruzas melhores ou seja o casal que produz mais galos de qualidade e eliminar o animal que não produzir o índice esperado. Nesse processo o ideal é possuir cruzadores com aproximadamente 50 x 150 cm, onde colocaremos um Galo e uma Galinha, um ninho bebedouro e comedouro apropriado; podemos colocar areia no chão para que se conserve mais limpo (pó de serra ou palha de arroz não é apropriado), o Galo deve passar no mínimo um período com cada galinha sendo que pode deixar a galinha sem o galo por 2 ou 3 dias. Desta forma um galo pode cruzar com 5 ou 6 galinhas de forma adequada. Vale lembra que de 4 em 4 meses os animais devem ser vermífugados, durante a cruza devemos alimentá-los com ração de cavalo e milho e não podemos deixar faltar água limpa e fresca.Cuidados com os PintosA galinha estando separada no cruzador vai chocar os ovos de forma segura, raramente iremos perder um ovo, pois, ela estará sozinha para cobrir os ovos, quando a galinha tirar os pintos, eles devem ser criados com sua mãe em “pinteiros” que são gaiolas pequenas cobertas com serragem, nessa faze o pinto deve se alimentar com ração para crescimento de boa qualidade, e uma vez por dia podemos molhar essa ração e ministrar com o cuidado de não deixá-la azedar (a ração molhada os fará comer mais), água sempre limpa de durante todo o tempo, a partir de dois meses e meio já podemos distinguir facilmente os machos e fêmeas com menor índice de erros. Então, colocaremos machos e fêmeas em piquetes de crescimento separados, nos piquetes que crescimento temos um local fechado com puleiros onde todas as noites as prenderemos para passar a noite ou abrigá-los da chuvaA chuva, o frio e dormir no sereno, traz muitas doenças, tome cuidado com isso! Nesta faze os alimentamos com ração de crescimento e milho quebrado. Quando atingirem cinco meses podemos colocá-los em piquetes maiores sempre mantendo separados os machos das fêmeas. Seguindo os processos acima e ministrando ração de boa qualidade os macho irão começar a cantar com 9 ou 10 aproximadamente neste período é que os frangos começarão a manifestar o seu extinto belicoso esta é a hora certa de iniciarmos os treinamentos e posteriormente classificá-los. As fêmeas não são o objetivo da criação de combatentes, mas temos sempre que ter um bom plantel de matrizes, logo, devemos descartar as que não nos servirem como matrizes.Não podemos esquecer da vacinas, pois estas irão garantir a boa saúde dos combatentes.Este é um bom programa de vacinação para seguirmos:Doença de Marek - vacinação única no primeiro dia de vida com vacina Bio-Marek-Vet L ou C (HVT) na dosagem de 0,2ml sub-cutânea;Doença de Newcastle - 1ª dose do 4º ao 14º dias de vida; 2ª dose do 21º ao 28º dias de vida; 3ª dose do 40º ao 60º dias de vida; 5ª dose entre a 18º e a 22ª semana e a 6ª dose entre a 45ª e a 50ª semana de vidas com New-Vacin na dosagem de 0,03ml gota nasal ou gota ocular;Bronquite Infecciosa - 1ª dose do 4º ao 14º dias de vida com Bio-Bronk-Vet (H-120) na dosagem de 0,03ml gota nasal ou gota ocular; 2ª dose do 21º ao 28º dias de vida com Bio-Bronk-Vet (H-120) na dosagem de 15-20litros na agua de beber; 3º dose da 10ª a 16ª semana com Bio-Bronk-Vet (H-120) na dosagem de 30 a 35 litros na agua de bebida; a 4ª dose entre a 18ª e 24ª semana com New-Bronk-Vet Oleosa na dosagem de 0,5ml intramuscular; e a 5ª dose entre a 45ª e 50ª semana com Bio-Bronk-Vet (H-120) na dose de 35-40 litros na agua de beber.Coriza Infecciosa - 1ª dose entre a 6ª e 10ª semana de vida com Bio-Koriza-Vet (A,B,C); a 2ª dose entre a 10ª e a 15ª semana de vida com Bio-Koriza-Vet Óleo (A,B,C);Bouba Aviária - 1ª dose entre o 7º e 10º dias de vida com Bouba Forte, utilizando o aplicador na membrana da asa; 2ª dose entre a 8ª e 12ª semanas com Bouba Forte, utilizando o aplicador na membrana da asa.A cada semestre imunizar as aves com Inter-Mult 6 oleosa que previne contra Newcastle, Bronquite Infecciosa, Coriza Infecciosa e Queda de Postura. Maiores detalhes, vide bula que acompanha cada frasco das vacinas indicadas.

25 comentários:

thiago disse...

muito boa sua explicaçao msm....
foi d grande valia...c vc tiver outra pagina ensinando mais gostaria d conhecer.....

Ana Paula disse...

Adorei td q li e me interessei mais ainda. Qro comprar um shamo+bankiva. É difícil?

Anônimo disse...

estou iniciando com galos de brigas não tenho experiencia mais com o tempo pretendo ser um gtrande criador conto com a experiencia de quem quiser me ajudar, contato celiomar36@hotmail.com

biskui disse...

li a reportagem tem muita coisa boa , e a legalidade da briga de galo vai extir ou não . no pais existe algum lugar que possa brigar os bichos sem agente ir preso?

FLÁVIO disse...

olha tenho uma galinha que e otima tira bons frangos e tambem muito boa de tombo ela bate muito na regiao do peito e umas pancadas muito violentas numca vista antes gostaria de saber se alguem sabe qual melhor cruzamento para essa galinha

Anônimo disse...

quero comprar 20 franga e 2 galos p criar. asim como estes ai do cesar augusto. se alguem sabe como entrar em contatos com ele me deixe saber obrigado.
brasilcars@verizon.net
geraldo new york.

Anônimo disse...

oi flavio, vc tem filhas desa galinha que bate duro no peito ai? me deixe saber.
brasilcars@verizon.net
geraldo new york

juninho disse...

tenho um galo que bate so na cabeça e campeao de torneio tem uma força de touro e mata antes de 5 minutos !!!! e tenho uma galinha que e mortal tem espora e nada para na frente dela!!

johnny peterson disse...

parabens cara vc é um dos melhores criadores de galos combatente, gostei muito do que vc escrevel brigado e bo trabalho!!!

Marcio Galo Combatente disse...

Quero vender frangos e frangas da raça japonesa. Contato: marcio.siqueiraa.gmail.com

Anônimo disse...

olá beleza sou iniciante como criador de galos e queria saber como faço para preparar um frango para leva-lo para bater com outro o que devo fazer... Por onde começar

Anônimo disse...

olá beleza sou iniciante como criador de galos e queria saber como faço para preparar um frango para leva-lo para bater com outro o que devo fazer... Por onde começar

Criadouro OTC disse...

Belo artigo! parabéns!!!

Criadouro OTC
Maceió-AL.

Eduardo disse...

Vamos editar um manual de criação e contamos com a colaboração dos interessados.
Contatos para: edufighter@acercsp.org
Nosso site: www.acercsp.org

Anônimo disse...

parabens pelo artigo,e seu plantel,sou da cocheira FENIX DE LOANDA PR,sempre criei galos,e nunca vou deixar de admirar esta ave fenomenal,vamos nos unir no facebook,para realizarmos uma reviravolta no brasil,me add no msn:funerariastaclara@hotmail.com,abraços a todos galistas,fernando.

Morená disse...

Olá boa tarde,
Estou com um pequeno problema.
Tenho uma galinha a chocar ovos desde o dia 2 de Setembro.
A galinha está num espaço sozinha com comida e bebida, mas de facto tenho verificado que ela não come nem bebe. Que devo fazer?
Tenho receio que ela fique "aneurética" ou desidrate completamente. Já a tiramos do ninho, mas ela volta emediatamente sem comer.

Renato Silva disse...

mano é asim mesmo, vc tem que tira ela de três a três dia blz

Anônimo disse...

qual o nome de alguns farmacos bons para usar em galos de combate e como administralos.também quero saber o que posso fazer para resolver um problema, meus pintos estao solto no terreiro e estao com calos na sola dos pés o que faço?

Anônimo disse...

Como eu faço para o meu galo ganhar peso?
Ele e da raça tailandesa

junior melo disse...

bom dia galera ? gostaria de saber qual uma vitamina conpleta para meu galo ????? grato ...

junior melo disse...

gostaria de saber amigos qual ho estimulante que dar ho galo no dia q eli vai brigar ho estimulante que eli fica siscando nas ponta dos dedos ? grato !!!!

Elton Ponce disse...

Opa Td bem?
Q coincidência, eu fui criado aí pertinho.sou de guairaça PR conhece?
Eu era criador lá e parei pra vir pra Curitiba,faz dois anos q to aqui e agora voltei a criar.passa seu facebook pra mim.abraço...

diosiney gutierre disse...

Finalmente um criador d curitiba boa tarde moro em sao jose dos pinhais preciso de um sangue novo na minha criacao entra em contato comigo pelo email jhow_gutierrez18@hotmail.com blz um abraco.

Miros Gallos disse...

Meu galo eu Calcutá puro , e fica com uma galinha da raca shamo pura e todo resultado que nascem não prestão para a briga

Miros Gallos disse...

o que que eu fasso